Polichinelo ajuda a perder barriga


Uma atividade física simples, mas que pode fazer toda a diferença na hora de eliminar a gordura localizada na região da barriga! Para ter um corpo sempre em forma, é preciso seguir uma alimentação equilibrada não só meses ou semanas antes de tirar férias, mas sim o ano todo. Além da dieta, é necessário praticar exercícios físicos para conseguir ótimos resultados, melhor ainda se eles puderem ser feitos em qualquer lugar, sem tomar muito tempo. Afinal, a agenda lotada é um dos grandes obstáculos para quem quer levar uma vida mais saudável. Entre as opções de exercícios para fazer em casa, o polichinelo é a forma ideal para você começar a se exercitar todos os dias e perder as gordurinhas da barriga. Trata-se de uma atividade física de conceito simples, que não precisa de acompanhamento de acessórios e qualquer pessoa pode praticar. Os exercícios de polichinelo se enquadram na categoria de exercícios aeróbicos, pois sua característica é de longa duração e baixa intensidade, o que é ótimo para perder barriga. A vantagem de praticar polichinelo é que esse simples exercício pode substituir os aparelhos como a bicicleta e esteira. Uma boa troca para quem não gosta de academia ou não possui aparelhos de ginastica em casa. Para trabalhar bastante a barriga e acabar com os pneuzinhos de vez com atividades físicas, intercale o polichinelo com atividades de resistência muscular. Um minuto de polichinelo entre uma atividade e outra de no máximo três sessões, já é o essencial para exercitar a barriga.

Como fazer polichinelo de forma correta

O polichinelo envolve movimentos sincronizados de braços e pernas. Para dar início ao exercício, é preciso estar em uma superfície plana e ficar com a coluna correta. Com as pernas unidas e distendidas, mantenha os pés formando um ângulo de 90 graus. Flexione os joelhos e estenda-os levemente para dar impulso ao corpo. Evite exagerar muito no impulso para não acelerar tanto no início da atividade. Faça o movimento sincronizado de “abre e fecha” dos braços e pernas abrindo um arco paralelo ao sentido longitudinal do corpo, de forma que as palmas das mãos se juntem acima da cabeça. Continue fazendo o movimento até conseguir alcançar uma velocidade com impulso. Caso se perca no meio do movimento, pare e retome a atividade desde o início. Para garantir bons resultados, é recomendado fazer o exercício de polichinelo todos os dias por um minuto, de duas a cinco séries, descansando 30 segundos entre cada uma. Se for iniciante nas atividades físicas, comece fazendo o exercício em pouca quantidade e aumente a série conforme o tempo ou seu corpo aguentar.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF